Acupuntura e Gravidez

O estágio em obstetrícia, no Hospital LaSalle em Montreal com Jean Levesque, me permitiu aprender muito sobre a mulher durante a gravidez, o trabalho de parto e o pós-parto.

Gravidez

A gravidez é a fase mais maravilhosa da vida de uma mulher, mas também é fase que mais altera seu corpo e suas emoções. Numa gravidez intercorrências, aconselha-se fazer 1 a 2 tratamentos por mês até a 37a semana, e depois 2 a 3 vezes por semana até o nascimento. Os tratamentos até a 37a semana servem para equilibrar a energia da mãe e aliviar possíveis incômodos, como:

• enjoo e vômito

• ansiedade e angústia

• prisão de ventre e intestino solto

• sangramento nasal

• hemorroida

• inchaço das pernas

• prevenir ameaça de trabalho prematuro

• facilitar a virada de um bebê que está sentado (pélvico)

• aumentar a quantidade de liquido amniótico.

• lombalgia

• dores de cabeça

 

A partir da 37ª semana, os tratamentos são focados para preparar a mãe para o parto. Normalmente, se faz de 2 a3 tratamentos por semana até o parto, ou conforme as necessidades da mãe e do bebê. Estes tratamentos servem para:

• preparar o corpo para o parto

• acalmar a ansiedade

• preparar o períneo

• estimular as contrapões uterinas

• favorecer a descida do bebê

 

Trabalho de parto

A acupuntura é reconhecida por acelerar e facilitar o trabalho de parto e por ajudar a mãe à se manter mais calma e mais concentrada em seu corpo. Os tratamentos são feitos à cada hora e duram 20 minutos, o que facilita para a parturiente se manter ativa durante o trabalho de parto. A acupuntura pode ser aplicada se a mãe está anestesiada ou não. Os tratamentos de acupuntura permitem de:

• Diminuir o edema do colo (que pode vir à ser uma indicação de cesárea)

• Relançar um trabalho estacionado

• Estimular a descida do bebê

• Regularizar as contrações

• Diminuir os riscos de cesariana

• Favorecer a elasticidade do períneo Pós-parto.

O início desta nova jornada com o bebê nem sempre é marcada por flores. Frequentemente a mãe está muito cansada, e também pode ter algumas complicações. A acupuntura pode ajudar nos casos de:

• hemorroida

• cansaço

• depressão

• cicatrização

• falta de leite ou excesso de leite

• mastite

• bexiga caída

• Constipação

© 2019 por Flávia Ambiel. 

Layout by OXEPEROLA